Dinner in the Sky – Experiência Inesquecível

Apenas imaginem… Jockey Club de São Paulo, uma noite agradável, com temperatura na casa dos 26 C, gastronomia de primeira linha e muita gente bonita e descontraída aguardando ansiosa por uma das experiências mais surpreendentes. Uma combinação perfeita, sem dúvidas.

Logo na entrada, ao observar a mesa de 22 lugares segura apenas por um guindaste a 50 metros de altitude, senti um frio na barriga. Fui recebida com muita gentileza no lounge do evento e acomodada em um das cabeceiras da mesa. Todos os cintos checados e prontos para a aventura. A subida foi tranqüila e muito rápida e…. pronto, a Marginal Pinheiros aos nossos pés e o brilho da Lua crescente nos convidando para o jantar.

Eu e o chef Oscar Bosh

 
Eu e o chef Oscar Bosh

Algumas explicações técnicas, no centro dessa mesa existe um espaço onde ficam o chef (nesse dia o simpático catalão Oscar Bosch), seus assistentes e o organizador do evento passando as instruções. Mas o mais fascinante de tudo isso é a sensação de liberdade ao observar o céu, as estrelas, o horizonte, e tudo isso sendo compartilhado com outras pessoas que, como eu, estavam com a adrenalina também nas alturas.

26876_1401163798665_2331009_n

Todos um pouco apreensivos, mas ao mesmo tempo hipnotizados pelo local e, logicamente, fazendo contínuos registros fotográficos e alguns até ligando para amigos e familiares para compartilharem aquele momento único e emocionante.

26876_1401163878667_2793946_n

Iniciamos com um brinde de Chandon Brut Rosé acompanhado de um presunto espanhol delicioso envolvido em uma massa crocante tipo biscuit. Nossa entrada fria foi um Guacamole com Camarões, rúcula e redução de vinho doce, muito delicado e saboroso (sem o gosto pronunciado de cebola). A entrada quente era uma Baby Lula recheada por um creme de tomates e pimentão vermelho e sua tinta envolta por molho e croutons. Detalhe para a maciez da lula, pois o ponto correto para que não fique “borrachuda” é muito importante, e nesse caso, estava perfeita.

Uma pausa aqui entre os pratos para comentar sobre o serviço excepcional do chef e seus assistentes naquela situação inusitada, todos trabalhando em muita sintonia. Lembrando que, nas alturas, mesmo havendo um cooktop para esquentar os molhos, os pratos são apenas montados, todo o pré-preparo é feito na cozinha de apoio localizada ao lado do lounge, em terra firme.

31368_1416056650977_1448127_n

Voltando aos pratos, o próximo servido foi um Jarret de Vitela no próprio molho com purê de batatas. Aqui cabe uma menção especial pois foi um dos jarrets mais macios que já provei, literalmente desmanchava na boca além de estar caramelizado por fora, incrível! A harmonização foi feita com Chandon Excellence conferindo um retrogosto sofisticado.

Como sobremesa, uma Panacotta de coco com chocolate branco desconstruída, pois ao invés de servida no formato de pudim, se apresentava como um creme combinado com um coulis de manga, salpicado por um crumble crocante e decorado com flores comestíveis, toda essa delicadeza harmonizada com Chandon Passion trazendo equilíbrio e um intenso final de frutas.

Ahhh! Não posso deixar de dizer que essa foi a minha primeira experiência no Dinner in the Sky, mas, ao final do jantar, fui convidada para voltar uma próxima vez e auxiliar no serviço nas alturas. Foi sensacional!!!

31368_1416056450972_7488068_n

Experiência fascinante, divertida, saborosa, registrada para sempre na minha memória e no meu paladar, e certamente no de todos os que participaram. Parabéns!”

Leave a Reply


nove − 4 =