Entenda os benefícios do prebióticos e dos probióticos

Alimentos-probioticos-organismo
A definição mais aceita para Probióticos atualmente é a de que são microrganismos vivos e, que sendo administrados em quantidades adequadas, conferem benefícios à saúde do hospedeiro, no caso, nosso trato gastrointestinal.

Entre esses microorganismos estão os Lactobacilos, Bifidobactérias que produzem colônias e protegem a parede intestinal. Os lactobacilos podem auxiliar na digestão da lactose, reduzir a constipação e diarreia infantil, prevenir a salmonela, etc. As bifidobactérias podem ajudar no restabelecimento da flora, estímulo do sistema imunológico, assim como da produção de vitamina , controle do colesterol, entre outros. Encontramos os prebióticos principalmente nos leites fermentados e iogurtes, além de pós ou cápsulas.

iogurte

Os Prebióticos são componentes alimentares não digeríveis que fermentam e auxiliam o funcionamento intestinal estimulando a proliferação de bactérias benéficas. Os prebióticos mais comuns são os frutooligossacarídeos (FOS, presente em diversos vegetais como ceboa, aveia, tomate, banana), a inulina (encontrada na chicória, almeirão, cebola, alho, trigo e alho poró), lactulose, oligofrutose, entre outros. Eles aumentam o volume das fezes e também a frequência de evacuações.

Como se pode notar, os probióticos e os prebióticos possuem funções benéficas ao nosso organismo e seu consumo deve ser estimulado. Procure um profissional nutricionista para que possa fazer a indicação das melhores fontes e quantidades adequadas de consumo e lembrando sempre que além da alimentação, devemos também nos preocupar com o ambiente em que vivemos e a vida que levamos. Sejam saudáveis e ativos!

barriga

Grande beijo,

 

Fê Fittipaldi

Leave a Reply


× seis = 24