Você gosta de pimenta?? Novo estudo correlaciona o consumo de pimenta à redução de risco de morte em adultos

 

pimentas

As pessoas que apreciam refeições apimentadas e utilizam as pimentas do tipo malagueta, dedo de moça, entre outras, estão no caminho certo para uma vida mais longa, de acordo com um novo estudo desenvolvido na China e disponível pela BMJ.

A avaliação foi feita entre 2004 e 2008 com mais de 480 mil pessoas entre 30 e 79 anos e acompanhadas por ainda mais sete anos. Não entraram na pesquisa os participantes que tivessem história de câncer, doença cardíaca ou derrame.

beneficios-da-pimenta

Durante este período, houve 11820 mortes entre os homens e 8404 mortes entre as mulheres. Os resultados mostraram que homens e mulheres que consumiam comidas picantes regularmente estavam menos propensos a terem morrido de alguns tipos de doenças incluindo, câncer, doenças respiratórias e cardíacas e era ainda mais forte essa evidência nas pessoas que não consumiam álcool.

Comparando-se as pessoas que consumiam alimentos picantes menos de uma vez por semana, as que consumiam uma ou duas vezes por semana tiveram 10% menor risco de morte. Já os que tinham o costume de consumir refeições apimentadas de 3 a 7 dias por semana, o resultado foi de 14% menor o risco de morte.

 

pimentas

As pimentas frescas e o chili seco foram os temperos reportados como os mais utilizados por essa população chinesa. A capsaicina e outros ingredientes bioativos das pimentas já foram mencionados em estudos anteriores por apresentarem propriedades anti-inflamatórias, anti obesidade, anti câncer e antioxidantes e podem ser os principais itens responsáveis por estes resultados.

Apesar de todos esses ótimos indicadores, ainda são necessárias mais pesquisas para determinar se existe uma ligação real entre esses ingredientes e a redução de risco de morte, de acordo com o co-autor, Dr. Qi Lu, professor associado de nutrição da Harvard T.H. Chan School of Public Health.

INDIAN_DRIED_CHILLE_SANNAM_HOT_GREEN_CHILLI

Por enquanto, podemos sim continuar a adicionar pimenta moderadamente em nossas preparações e, para os que ainda não consomem, por que não tentar? Suas refeições além de saudáveis ficarão ainda mais saborosas.

Abraços,

Fernanda.

Leave a Reply


nove + = 12